Home / Videos / Festa do PD no Brasil – I

Festa do PD no Brasil – I

Nossa tribuna será uma extensão da voz dos ítalo-brasileiros, garante senador Fausto Longo na comemoração da vitória eleitoral

© Desiderio Peron — Revista Insieme

CURITIBA — PR – “A nossa tribuna não será a tribuna do Fausto ou do Fabio. Será, sim, uma extensão da voz de todos vocês, ítalo-brasileiros. Isso é um compromisso”. Assim o arquiteto e urbanista Fausto Guilherme Longo encerrou seu discurso na abertura da festa de comemoração da vitória eleitoral que o consagrou como senador da República Italiana e reconduziu Fabio porta à Câmara dos Deputados.
O festivo evento foi realizado na noite de quarta-feira (dia 06.03), no salão principal do Círculo Italiano de São Paulo, com a participação de cerca de duzentos convidados.
A festa foi aberta por Plínio Sarti, da Unione Italiani nel Mondo — Uim e contou, entre outros, com a presença do presidente do Círculo, Giuseppe Cappellano, e da ex-vice-prefeita da cidade de São Paulo, Alda Marco Antonio e do coordenador do PD — Partito Democratico italiano no Brasil, Andrea Lanzi.
Delegações do Paraná e de diversas cidades do interior de São Paulo também marcaram presença. Falaram, além dos eleitos, Alda Marco Antonio e Cappellano e o sociólogo e vereador Floriano Pesaro, de SP, representando a classe política.
Antes de Longo, falou o deputado reeleito Fabio Porta para acentuar o peso de 60 milhões, dos 80 milhões de itálicos esparramados pelo mundo, que vivem na América do Sul, mais da metade disso no Brasil – o país com a maior comunidade de ítalo-descendentes do globo terrestre; e para acentuar o grande resultado eleitoral que está levando ao Parlamento Italiano três parlamentares: ele próprio e o senador Fausto Longo, pelo PD, e Renata Bueno, pela Usei.
Porta destacou o fato de ter sido São Paulo a registrar o maior índice de participação no processo eleitoral, apesar das falhas registradas, quando muitos não puderam votar já que sequer receberam o material. “É o nosso primeiro desafio”, disse Fábio, ao se referir à necessidade de introduzir mudanças nesse “sistema arcaico” de eleição.
O deputado reeleito pela legenda do PD afirmou que a Itália somente conseguirá sair da crise em que está mergulhada se souber colocar no centro as atenções para a grande comunidade itálica esparramada mundo a fora. “O Brasil hoje representa uma realidade — disse — que a Itália não pode ignorar se quiser sair da crise”. Disse também Porta que com esse resultado eleitoral, “estamos mandando um sinal para os nossos companheiros, amigos, deputados e senadores”.
Já o senador Fausto Longo, ao falar por último, referiu-se ao “sabor doce e amargo” da vitória eleitoral, num momento “tão delicado para o nosso povo”. Disse de sua satisfação de ter podido contar com apoios de partidos e entidades empenhados na busca de uma sociedade mais justa, humana e fundada numa democracia verdadeira “que permita ao cidadão oportunidades de acesso ao futuro”.
Acentuou também o senador recém-eleito que “não vão faltar em nosso mandato ética, empenho, comprometimento e, principalmente, a humildade de entender-se como porta-voz de todos e não donos de projetos personalísticos ou pessoais, com objetivos voltados para a satisfação de vaidades pessoais”.
O evento foi encerrado com um coquetel, durante o qual os convidados puderam cumprimentar pessoalmente os dois parlamentares eleitos pelo PD.