Home / Notícias / “PLANO CONDOR”: com uma sentença histórica, a corte de apelo italiana faz justiça sobre crimes das ditaduras sul americanas dos anos 70

“PLANO CONDOR”: com uma sentença histórica, a corte de apelo italiana faz justiça sobre crimes das ditaduras sul americanas dos anos 70

Roma, 8 de julho de 2019 – Assessoria de Imprensa On. Fabio Porta

“Estou feliz e emocionado por esse resultado, ao qual os governos liderados pelo Partido Democrático e o nosso partido contribuíram apresentando-se no processo para parte civil”: foram as primeiras palavras de satisfação de Fabio Porta, coordenador do PD na América do Sul, a poucas horas da sentença com a qual, com apelação, o Tribunal de Roma corrigiu e, em parte, derrubou a sentença de janeiro de 2017.,

“A Itália deu um exemplo ao mundo de que para a justiça contra os crimes horrendos da ditadura não há limites de tempo nem de espaço”, continuou o dirigente do Partido Democrático.

“Desde o início, o PD se constituiu como parte civil nesse histórico processo e os governos liderados pelo nosso partido acompanharam e apoiaram com muita determinação o legítimo pedido de justiça das vítimas dos horrendos crimes das ditaduras da Bolívia, Chile, Peru e Uruguai, objeto do processo”

“Agradeço também à ‘Frente Amplio’ do Uruguai por ter se constituído juntamente com o PD como parte civil, às organizações sindicais italianas e ao nosso advogado, Antonello Madeo”

“Dessa sentença nasce um aviso perene e universal, conclui Porta, a defesa da verdade e da justiça em apoio à democracia em todo o mundo; logo, contra toda forma de ditadura e qualquer crime contra a liberdade!”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*