Home / Notícias / O recurso de Fabio Porta (PD) à junta para as eleições do Senado. Contestados pelo menos 10 mil votos obtidos pela USEI. Quarta feira conferência de imprensa.

O recurso de Fabio Porta (PD) à junta para as eleições do Senado. Contestados pelo menos 10 mil votos obtidos pela USEI. Quarta feira conferência de imprensa.

Roma. 16 de abril de 2018 – Assessoria de Imprensa Deputado Fabio Porta

Durante uma conferência de imprensa, convocada para quarta feira próxima, às 11:30 (*), na Sala de Imprensa da Câmara dos Deputados, o Deputado Fabio Porta, deputado em fim de mandato pelo Partido Democrático e candidato ao Senado nas últimas eleições, explicará os motivos que o levaram a formalizar um recurso à Junta para as Eleições do Senado em relação a mais de dez mil votos obtidos pela USEI em algumas seções eleitorais da Circunscrição Consular de Buenos Aires.

Pela segunda vez em quatro eleições – declarou o expoente do PD – o Partido Democrático perde, na América do Sul, a cadeira para o Senado; como aconteceu em 2008 com o Senador da Força Itália, Esteban Caselli, este ano também estamos frente a evidentes anomalias que foram verificadas também em Buenos Aires”

“A metade dos votos da USEI concentrou-se em uma única cidade da América do Sul e em algumas seções eleitorais estão metade desses votos; falamos de seções – continua o Deputado Porta – onde a USEI obteve 96% dos votos e onde seu candidato ao Senado obteve, por exemplo, em alguns casos, 99% dos votos de preferência; votos expressos frequentemente com a mesma caligrafia e a mesma caneta: elementos esses que serão submetidos ao atento exame da máxima autoridade eleitoral do Parlamento.”

“Se queremos defender o direito-dever de voto dos italianos no exterior e a representação, no Parlamento, dos italianos no mundo, devemos ter a coragem de denunciar tais episódios, punindo eventuais fraudes e intervindo para modificar o resultado e recuperar a exatidão do resultado das eleições”, afirma o líder ao Senado da lista do Partido Democrático na América do Sul.

“Caso contrário – adverte o ex Presidente do Comitê para os Italianos no Mundo da Câmara dos Deputados – fenômenos como esse se repetirão em proporções ainda maiores, com o risco concreto de se enterrar definitivamente o voto no exterior. Não se pode adiar mais, conclui, uma séria reflexão sobre eventuais modificações das modalidades de voto na Circunscrição do Exterior, possivelmente precedida de uma análise dos efeitos e das distorções do voto de preferência nas atuais quatro enormes repartições.”

(*) para o credenciamento, é necessário enviar um email para porta_f@camera.it, até as 14:00 horas do dia 17d e abril, especificando:

nome, sobrenome, eventual jornal, telefone (solicitamos também especificar se o requerente está interessado em acessar a Sala de Imprensa com instrumentos de gravação de áudio e vídeo. Nesse caso, favor fornecer os dados dos equipamentos).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*